Twitter

Twitter Updates

    Artigos Facebook

    Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

    arquivos

    Julho 2010

    Maio 2010

    Abril 2010

    Março 2010

    Fevereiro 2010

    Janeiro 2010

    Dezembro 2009

    Novembro 2009

    Outubro 2009

    Setembro 2009

    Agosto 2009

    Julho 2009

    Junho 2009

    Maio 2009

    posts recentes

    Estamos aqui: lxsustentav...

    O LX Sustentável mudou

    Mais vale tarde do que nu...

    A resposta de Pachauri

    Ainda Brasília (mas agora...

    Não há cidades perfeitas ...

    Vamos ter uma Segunda Cir...

    Planeta pode entrar em ca...

    Siemens e LNEC vão avalia...

    Como seriam as cidades se...

    Terça-feira, 28 de Julho de 2009

    Setúbal vai ter plano de redução da pegada ecológica

    A Simarsul, empresa do Grupo Águas de Portugal que é concessionária da gestão e exploração do Sistema Multimunicipal de Saneamento de Águas Residuais da Península de Setúbal, vai ser a primeira empresa portuguesa a subscrever um compromisso de redução e compensação da pegada ecológica com a Quercus.

    Segundo o site rostos.pt. o compromisso tem a duração de cinco anos e surge depois de uma primeira fase de avaliação da pegada ecológica, um processo que se concluirá até ao final de 2009. A Simarsul compromete-se, assim, a implementar um plano que visa a promoção da eficiência dos recursos, das energias renováveis e do investimento em “capital natural”.

    Paralelamente, a empresa irá preservar, também com a Quercus, a Lagoa Pequena, junto à Lagoa de Albufeira. A associação de conservação da natureza está a elaborar um plano de redução que apostará na resolução ou mitigação dos impactes ambientais detectados e caracterizados no diagnóstico efectuado.

    A Quercus irá ainda ministrar acções de sensibilização e formação aos colaboradores da Simarsul, com vista à implementação do programa, e acompanhará a execução do plano. No primeiro trimestre do ano, ainda segundo o rostos.pt, serão apresentados os primeiros resultados desta parceria.

    Neste blog já tínhamos referido outro exemplo de sustentabilidade na margem sul do Tejo, na cidade do Barreiro. Aqui fica mais uma boa ideia para implementar um plano de sustentabilidade na cidade de Lisboa, vinda directamente da margem sul do Tejo.
    Categorias:
    publicado por LX Sustentável às 11:20
    link do post | comentar | favorito

    pesquisa

     
    Perfil de Lisboa Sustentável
    Lisboa Sustentável's Facebook Profile
    Cria o Teu Crachá

    Categorias

    todas as tags

    Parceiros












    Media Partners









    subscrever feeds