Twitter

Twitter Updates

    Artigos Facebook

    Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

    arquivos

    Julho 2010

    Maio 2010

    Abril 2010

    Março 2010

    Fevereiro 2010

    Janeiro 2010

    Dezembro 2009

    Novembro 2009

    Outubro 2009

    Setembro 2009

    Agosto 2009

    Julho 2009

    Junho 2009

    Maio 2009

    posts recentes

    Estamos aqui: lxsustentav...

    O LX Sustentável mudou

    Mais vale tarde do que nu...

    A resposta de Pachauri

    Ainda Brasília (mas agora...

    Não há cidades perfeitas ...

    Vamos ter uma Segunda Cir...

    Planeta pode entrar em ca...

    Siemens e LNEC vão avalia...

    Como seriam as cidades se...

    Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

    Lisboa terá clima marroquino em 2080, explica livro

    Em 2080, Lisboa terá um clima semelhante a Marrocos. As conclusões são de um livro que será lançado na segunda-feira pelas jornalistas Filomena Naves e Teresa Firmino. A obra pretende consciencializar as pessoas para as consequências das alterações climáticas em Portugal.

     

    Segundo notícia hoje o Diário de Notícias, o livro “Portugal a Quente e Frio” explica que em 2080 Lisboa poderá ter a temperatura da capital de Marrocos, Rabat.

     

    As jornalistas descrevem a Lisboa de 2080 com palmeiras esguias, típicas de climas tórridos, espalhadas pela malha urbana, sendo que os seus habitantes deverão proteger-se do calor com roupas compridas.

     

    Para esta conclusão, as jornalistas baseiam-se em fenómenos como o do aparecimento de peixes tropicais na costa portuguesa e o facto das amendoeiras estarem a florir quase um mês mais cedo que há 30 anos, entre outras mudanças.

     

    “Já há migração de peixes tropicais para as nossas águas, como o peixe-porco, que agora faz parte da dieta portuguesa”, explica Filomena Neves ao Diário de Notícias.

     

    O diário refere ainda que, segundo dados do IPCC (Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas), está previsto um aumento do nível das águas do mar, em Portugal, entre 18 e 59 centímetros, embora haja estudos que indicam que em 2100 o mar terá subido 1,4 metros.

     

    Ao longo das últimas semanas, neste blog, temos debatido temas directamente relacionados com o problema das alterações climáticas e aquecimento global.

     

    Aqui fica mais mais uma prova de que nunca é tarde nem insistente demais consciencializar as pessoas para as consequências do aquecimento global. Seja em Lisboa, no Porto, Castelo Branco ou Varsóvia. Aqui falamos de Lisboa, mas as consequências das mudanças globais serão, certamente, visíveis um pouco por todo o mundo.

     

    publicado por LX Sustentável às 11:14
    link do post | comentar | favorito

    pesquisa

     
    Perfil de Lisboa Sustentável
    Lisboa Sustentável's Facebook Profile
    Cria o Teu Crachá

    Categorias

    todas as tags

    Parceiros












    Media Partners









    subscrever feeds