Twitter

Twitter Updates

    Artigos Facebook

    Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

    arquivos

    Julho 2010

    Maio 2010

    Abril 2010

    Março 2010

    Fevereiro 2010

    Janeiro 2010

    Dezembro 2009

    Novembro 2009

    Outubro 2009

    Setembro 2009

    Agosto 2009

    Julho 2009

    Junho 2009

    Maio 2009

    posts recentes

    Estamos aqui: lxsustentav...

    O LX Sustentável mudou

    Mais vale tarde do que nu...

    A resposta de Pachauri

    Ainda Brasília (mas agora...

    Não há cidades perfeitas ...

    Vamos ter uma Segunda Cir...

    Planeta pode entrar em ca...

    Siemens e LNEC vão avalia...

    Como seriam as cidades se...

    Terça-feira, 3 de Novembro de 2009

    Ponte entre Chelas e Barreiro no programa de Governo

    O programa de Governo entregue ontem na Assembleia da República prevê, como era (passe a redundância) previsível, a construção da Terceira Travessia do Tejo, no eixo Chelas Barreiro. A nova ponte permitirá uma ligação ferroviária Norte-Sul para mercadorias, um longo curso para passageiros e o fecho do anel ferroviário da Área Metropolitana de Lisboa.

     

    No que toca ao tema dos transportes –  os que envolvem, directamente, a cidade de Lisboa  – o programa de Governo propõe ainda a construção do novo aeroporto, no Campo de Tiro de Alcochete, e a concretização da Rede Ferroviária de Alta Velocidade, com as linhas Porto-Vigo e Lisboa-Madrid, até 2013, e a linha Lisboa-Porto, até 2015.

     

    Gostaríamos que comentasse estas medidas previstas pelo Governo e nos dissesse como elas afectarão a cidade de Lisboa nas oito áreas-chave da sustentabilidade - e que prometemos analisar aqui quando começámos este blog. O palco é seu!
     

    publicado por LX Sustentável às 14:37
    link do post | comentar | favorito
    6 comentários:
    De (R)evolution a 3 de Novembro de 2009 às 21:05
    Parabéns pelo blog ;D

    Colaborem no nosso projecto,
    Visitem:
    http://atm-revolution.blogs.sapo.pt/
    De Arlete Telhado a 6 de Novembro de 2009 às 10:41
    Caro amigo.
    Você fala, fala, mas não diz nada!!!!
    Cumps.
    De arlete telhado a 5 de Novembro de 2009 às 09:36
    Fico muito feliz por saber que finalmente vai para a frente a ponte Chelas- Barreiro o novo Aeroporto e o nTGV.
    Vamos vêr se com estas infra-estruturas, Portugal deixa de estar na cauda da Europa e nos tornamos um aís mais próspero e dinâmico.
    Penso que o dinheiro que gastaram nas obras do aeroporto durante tantos anos, daria para fazer vários aeroportos.
    Por isso têm o meu apoio incondicional.
    De jorgelopes a 5 de Novembro de 2009 às 19:56
    Não somos artistas (gosto muito, apetece, os outros nada tem haver com isto, sabe a pouco). Comentários assentes do gosto pessoal, apresentam pouca, nenhuma valia neste tipo fórum.
    Para nos diferenciarmos do movimento cidadanialx http :/ cidadanialx .blogspot.com, fórum de intervenção /pressão social de uma certo contexto de sobrevivência politico. Este fórum http :/ lxsustentavel.blogs.sapo.pt os comentários deve assentar em princípios que tenham haver com sustentabilidade. Os cenários urbanos devem ser interpretados através das dimensões económico; institucional; social e ambiental. Só assim se pode tornar legitimo os apeteces, e os gosto muito além de todos os outros terem de haver com isto. Um abraço .
    De António Jesus a 6 de Novembro de 2009 às 09:34
    Neste programa só não estou de acordo com o TGV Lisboa-Porto, sou um defensor do pendular.
    O pendular foi introduzido em Portugal mas pouco se fez para tirar proveito do mesmo, a linha do norte não está aproveitada para ele.
    Se em vez do TGV apostassem melhor no pendular sairia mais barato. Até porque não acredito que o TGV vá tirar tempo à viagem Lisboa-Porto que justifique o investimento. Com a quantidade de paragens que vão colocar no percurso, vai acontecer o mesmo que acontece ao pendular, quando ele começa a atingir alguma velocidade terá que começar a abrandar para a próxima estação.
    Falando de transportes em Lisboa, recordo um que foi descontinuado e que nos tempos que decorre faz muita falta, falo da ligação fluvial do Parque das Nações à margem sul. A Transtejo já teve esse serviço mas descontinuou porque não ter adesão, mas hoje com o crescimento da zona de escritórios que o Parque das Nações tem, na minha opinião, já faria sentido ter novamente essa ligação.
    De jorgelopes a 7 de Novembro de 2009 às 00:33
    Interessante.
    Quanto ao transportes ferroviários nasceu o A.G.V………… T.G.V ( o antigo) hoje 6 de Novembro de 2009 já ninguém os quer.

    http://www.alstom.com/pr_corp_v2/2008/corp/48523.EN.php?languageId=EN&dir=/pr_corp_v2/2008/corp/&idRubriqueCourante=23132

    Para quê construir vias que não são compatível com a rede ferrovia europeia ?
    Quem precisa do TGV se os pendulares chegam aos 220km/h?
    Para muita gente faz mais sentido primeiro ligar as capitais de distrito com pendulares de velocidade alta, com tecnologia made in Portugal e só a depois ligar a Madrid com tecnologia da Alstom ou Siemens.

    Comentar post

    pesquisa

     
    Perfil de Lisboa Sustentável
    Lisboa Sustentável's Facebook Profile
    Cria o Teu Crachá

    Categorias

    todas as tags

    Parceiros












    Media Partners









    subscrever feeds