Twitter

Twitter Updates

    Artigos Facebook

    Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

    arquivos

    Julho 2010

    Maio 2010

    Abril 2010

    Março 2010

    Fevereiro 2010

    Janeiro 2010

    Dezembro 2009

    Novembro 2009

    Outubro 2009

    Setembro 2009

    Agosto 2009

    Julho 2009

    Junho 2009

    Maio 2009

    posts recentes

    Estamos aqui: lxsustentav...

    O LX Sustentável mudou

    Mais vale tarde do que nu...

    A resposta de Pachauri

    Ainda Brasília (mas agora...

    Não há cidades perfeitas ...

    Vamos ter uma Segunda Cir...

    Planeta pode entrar em ca...

    Siemens e LNEC vão avalia...

    Como seriam as cidades se...

    Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010

    China terá 1.500 kms de rede de metro no final de 2010

    Na China, e apesar das repetidas notícias sobre o aumento bastante significativo (46% só em 2009) do número de automóveis vendidos, a nova prioridade urbana parece ser o crescimento das redes metropolitanas.

     

    Segundo noticiou hoje o Menos Um Carro, a cidade de Pequim, que ainda há dez anos tinha apenas duas linhas de metropolitano, deverá ter 560 quilómetros de comprimento de rede em 2015!

     

    Ainda mais interessante é este próximo número: na capital chinesa são inaugurados, todos os meses, cerca de 4,5 quilómetros de rede de metropolitano por mês. Leu bem, por mês…

     

    Outras 21 cidades chinesas estão a construir – ou em fase de construção – novas redes de metropolitano. Xangai e Cantão, por exemplo, têm já 367 e 116 quilómetros de rede de metro, respectivamente, apesar de terem inaugurado o metropolitano há poucos anos.

     

    Se este ritmo de construção de mantiver, a China terá 55 linhas de metropolitano com 1.500 quilómetros de extensão até ao final do ano.

     

    Voltando a Pequim, a capital chinesa tem actualmente 14 linhas de metro em funcionamento – muito por causa do “boom” provocado pela realização dos Jogos Olímpicos – uma das quais com a tecnologia maglev: comboios de levitação magnética.

     

    “Penso que nenhuma outra cidade mundial poderá bater Pequim na velocidade de construção de linhas de metropolitano”, explicou há dias um responsável da cidade de Pequim.

     

    Recorde-se que Lisboa também tem feito um forte investimento na expansão da sua linha de metropolitano.

     

    Pode aceder a todas as notícias que já publicámos sobre este tema aqui.

    publicado por LX Sustentável às 18:06
    link do post | comentar | favorito

    pesquisa

     
    Perfil de Lisboa Sustentável
    Lisboa Sustentável's Facebook Profile
    Cria o Teu Crachá

    Categorias

    todas as tags

    Parceiros












    Media Partners









    subscrever feeds