Twitter

Twitter Updates

    Artigos Facebook

    Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

    arquivos

    Julho 2010

    Maio 2010

    Abril 2010

    Março 2010

    Fevereiro 2010

    Janeiro 2010

    Dezembro 2009

    Novembro 2009

    Outubro 2009

    Setembro 2009

    Agosto 2009

    Julho 2009

    Junho 2009

    Maio 2009

    posts recentes

    Estamos aqui: lxsustentav...

    O LX Sustentável mudou

    Mais vale tarde do que nu...

    A resposta de Pachauri

    Ainda Brasília (mas agora...

    Não há cidades perfeitas ...

    Vamos ter uma Segunda Cir...

    Planeta pode entrar em ca...

    Siemens e LNEC vão avalia...

    Como seriam as cidades se...

    Quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2010

    Vancouver diz que o ambiente é o terceiro pilar dos Jogos Olímpicos

    Os responsáveis pela cidade canadiana de Vancouver, que este mês vai receber os Jogos Olímpicos de Inverno, consideram o ambiente o terceiro vértice do evento, a seguir ao desporto e à cultura. Mas será mesmo? O leitor decidirá.

     

    O artigo em que baseamos este post foi publicado pela BBC e tem como ponto de partida a sustentabilidade ambiental dos Jogos Olímpicos de Inverno.

     

    Assim, e apesar de toda a logística decorrente da organização de um evento deste calibre, como a construção de edifícios, das aldeias olímpicas, estádios ou outros complexos desportivos e, sobretudo, a deslocação de atletas de todos os pontos do globo, Vancouver diz que estes serão os primeiros Jogos Olímpicos onde a sustentabilidade foi pensada de forma estratégica.

     

    Segundo Linda Coady, que pertence ao comité organizador de Vancouver 2010, este jogos serão “bastante verdes”.

     

    Os argumentos? Os 1.100 apartamentos construídos de raiz – assim como os novos espaços comerciais e restaurantes à disposição dos atletas – serão vendidos no pós-Jogos Olímpicos, passando a albergar cerca de 3.000 habitantes. Será isto suficiente?

     

    Por outro lado, cerca de 85% de todos os resíduos utilizados no evento serão reciclados. E esta percentagem já foi maior – 100% - mas as expectativas foram baixadas nos últimos dias.

     

    Em relação às emissões de carbono – que deverão aumentar em cerca de 300 mil toneladas durante os jogos – elas serão compensadas. Pelo menos é o que diz a organização.

     

    Mas, como em tudo, há quem critique os planos sustentáveis da organização. Confrontado pela BBC, o cientista e activista ambiental canadiano David Suzuki diz-se “muito desapontado” com as estratégias de sustentabilidade de Vancouver.

     

    “A organização apenas irá compensar 110 mil toneladas [de emissões de CO2]. Já disseram que não iriam responsabilizar-se pelas restantes 190 mil toneladas, que incluem as viagens dos espectadores e outras eventuais emissões até ao final dos jogos”, referiu Suzuki.

     

    Paralelamente, o activista explica que o total do orçamento para a sustentabilidade é cerca de 11,1 milhões de euros – de um total de 1,2 mil milhões de euros – e nem chega a metade do orçamento para a arte e cultura durante os jogos.

     

    Outra das críticas de David Suzuki tem a ver com os transportes postos à disposição durante o evento. A organização escolheu autocarros a hidrogénio como parte da frota de veículos, mas este são “uma distracção cara e não provada daquilo que verdadeiramente precisamos atingir na nossa política de transportes”.

     

    Ainda assim, tanto David Suzuki como Linda Coady concordam num ponto: a sustentabilidade ambiental dos Jogos Olímpicos deverá ser uma das prioridades das cidades que, no futuro, irão organizar este evento.

     

    Sobretudo com um “planeamento, gestão de eventos, edifícios e novas abordagens à questão do carbono” verdes. “Gostaria que Vancouver inspirasse o mundo a envolver-se com as soluções ambientais”, concluiu, por sua vez o professor Suzuki. Mas será que está a fazer o suficiente, questionamos nós?

    publicado por LX Sustentável às 12:44
    link do post | comentar | favorito

    pesquisa

     
    Perfil de Lisboa Sustentável
    Lisboa Sustentável's Facebook Profile
    Cria o Teu Crachá

    Categorias

    todas as tags

    Parceiros












    Media Partners









    subscrever feeds