Twitter

Twitter Updates

    Artigos Facebook

    Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

    arquivos

    Julho 2010

    Maio 2010

    Abril 2010

    Março 2010

    Fevereiro 2010

    Janeiro 2010

    Dezembro 2009

    Novembro 2009

    Outubro 2009

    Setembro 2009

    Agosto 2009

    Julho 2009

    Junho 2009

    Maio 2009

    posts recentes

    Estamos aqui: lxsustentav...

    O LX Sustentável mudou

    Mais vale tarde do que nu...

    A resposta de Pachauri

    Ainda Brasília (mas agora...

    Não há cidades perfeitas ...

    Vamos ter uma Segunda Cir...

    Planeta pode entrar em ca...

    Siemens e LNEC vão avalia...

    Como seriam as cidades se...

    Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

    A cidade sustentável do futuro (parte 6)

    Aproveitamos o último post sobre o hospital do futuro para voltar à (interminável) saga da cidade sustentável… do futuro. (Não deixa de ser um bom sinal). A nossa Emerald City.

     

    Este é o nosso penúltimo post sobre este tema e aqui ficam mais três inovações urbanas para os próximos anos.

     

    17. Produtos locais. Toda a carga que entra numa cidade tem um enorme peso ambiental: segundo a CNN, pelo menos 10% das emissões de gases nocivos de uma cidade estão ligadas à actividade marítima. No entanto, Emerald City vai consumir produtos locais, reduzindo a necessidade de transportar alimentos de outras cidades ou países.

     

    18. Habitats harmoniosos. No fim-de-semana, os habitantes de Emerald City procurarão refúgio em florestas tropicais nos subúrbios da cidade (como em Bombaim, na Índia). Este local tem casas construídas à mão e integradas na paisagem exterior, com energia fornecida por turbinas eólicas e painéis fotovoltaicos.

     

    19. Tribunais ecológicos. Se temos hospitais e outros edifícios sustentáveis, porque não poderemos ter também tribunais “verdes?”. O exemplo vem, desta vez, das Filipinas, onde 117 tribunais foram construídos para ter em conta as questões ambientais. E o mesmo se aplica aos cidadãos que neles trabalham - que terão de garantir que mantêm o seu local de trabalho com o devido cuidado sustentável.
     

    publicado por LX Sustentável às 17:43
    link do post | comentar | favorito

    pesquisa

     
    Perfil de Lisboa Sustentável
    Lisboa Sustentável's Facebook Profile
    Cria o Teu Crachá

    Categorias

    todas as tags

    Parceiros












    Media Partners









    subscrever feeds