Twitter

Twitter Updates

    Artigos Facebook

    Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

    arquivos

    Julho 2010

    Maio 2010

    Abril 2010

    Março 2010

    Fevereiro 2010

    Janeiro 2010

    Dezembro 2009

    Novembro 2009

    Outubro 2009

    Setembro 2009

    Agosto 2009

    Julho 2009

    Junho 2009

    Maio 2009

    posts recentes

    Estamos aqui: lxsustentav...

    O LX Sustentável mudou

    Mais vale tarde do que nu...

    A resposta de Pachauri

    Ainda Brasília (mas agora...

    Não há cidades perfeitas ...

    Vamos ter uma Segunda Cir...

    Planeta pode entrar em ca...

    Siemens e LNEC vão avalia...

    Como seriam as cidades se...

    Quinta-feira, 8 de Abril de 2010

    A cidade mais sustentável do mundo fala português*

    A cidade de Curitiba, no Paraná, foi considerada a mais sustentável do mundo pelo júri do Globe Award Sustainable City, que avaliou temas como a preservação de recursos naturais, o bem-estar e a relação social nas cidades, a inteligência e inovação nos projectos e programas, a cultura e lazer, o transporte, a confiança no sector público e a gestão financeira e patrimonial.

     

    Este prémio é organizado pelo sueco Globe Forum e levou à shortlist as cidades de Sidney (Austrália), Malmo (Suécia), Múrcia (Espanha), Songpa (Coreia do Sul) e de Stargard Szczecinski (Polónia). De resto, este é já o segundo prémio mundial vencido por Curitiba neste ano, depois de em Janeiro a cidade ter ganho o Sustainable Transport Award, em Washington. Não há dúvidas: Curitiba é mesmo sustentável.

     

    “Dou os meus parabéns a Curitiba por [ter vencido] este prestigiado prémio de cidade mais sustentável de 2010. É uma vencedora muito sólida, com um plano holístico que integra todos os recursos estratégicos relacionados com inovação e sustentabilidade futura”, revelou o presidente do comité de jurados do Globe Award, Jan Sturesson.

     

    Segundo o júri, foi esta “abordagem holística” com que Curitiba encarou os desafios da sustentabilidade - “numa clara demonstração de forte e saudável participação na comunidade e integração da dimensão ambiental e com as dimensões intelectual, cultural, económica e social” - que permitiu à cidade brasileira conquistar este prémio.

     

    O jornal brasileiro Fontes Naturais falou com o presidente do Instituto Ideia Ambiental, Fernando Ramos, que revelou esperar que o prémio ajude a “ampliar o debate sobre a sustentabilidade em Curitiba”, tendo apontado a colecta eficiente do lixo e a arborização urbana como pontos positivos.

     

    No entanto, o responsável explicou que, embora a capital do Paraná seja uma das cidades mais sustentáveis do país, não o era no ranking mundial. “É preciso resolver problemas urgentes, como o destino do lixo e o tratamento dos resíduos sólidos. Além disso, a preservação dos rios também é um ponto que [nos] preocupa”, argumentou.

     

    Outros responsáveis disseram também ao Fontes Naturais que Curitiba estava no bom caminho, mas que ainda tinha que melhorar a sua sustentabilidade, nomeadamente ao nível da qualidade de água.

     

    Descubra aqui mais sobre o Globe Award.

     

    *Mas no entanto, infelizmente, não é portuguesa.

    publicado por LX Sustentável às 13:16
    link do post | favorito
    Comentar:
    De
      (moderado)
    Nome

    Url

    Email

    Guardar Dados?

    Este Blog tem comentários moderados

    (moderado)
    Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

    Comentário

    Máximo de 4300 caracteres



    Copiar caracteres

     


    pesquisa

     
    Perfil de Lisboa Sustentável
    Lisboa Sustentável's Facebook Profile
    Cria o Teu Crachá

    Categorias

    todas as tags

    Parceiros












    Media Partners









    subscrever feeds