Twitter

Twitter Updates

    Artigos Facebook

    Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

    arquivos

    Julho 2010

    Maio 2010

    Abril 2010

    Março 2010

    Fevereiro 2010

    Janeiro 2010

    Dezembro 2009

    Novembro 2009

    Outubro 2009

    Setembro 2009

    Agosto 2009

    Julho 2009

    Junho 2009

    Maio 2009

    posts recentes

    Estamos aqui: lxsustentav...

    O LX Sustentável mudou

    Mais vale tarde do que nu...

    A resposta de Pachauri

    Ainda Brasília (mas agora...

    Não há cidades perfeitas ...

    Vamos ter uma Segunda Cir...

    Planeta pode entrar em ca...

    Siemens e LNEC vão avalia...

    Como seriam as cidades se...

    Quinta-feira, 22 de Abril de 2010

    Planeta pode entrar em cataclismo, avisa a Quercus

    Hoje comemora-se o Dia da Terra, mas foi ontem que a Quercus alertou a sociedade portuguesa para o risco que o planeta corre de entrar em cataclismo. Segundo a Quercus, só em Portugal o consumo e a produção de resíduos estão 70% acima da sua capacidade.

     

    “Infelizmente, quatro décadas passadas desde o momento em que se designou internacionalmente um dia para celebrar o Planeta Terra, os dados indicam que o caminho percorrido não tem [estado] no bom sentido e a nossa capacidade de conhecer e respeitar os limites da sustentabilidade do Planeta não tem progredido”, revelou o comunidade da Quercus, citado pelo IOL.

     

    A Quercus diz que existe “um grande défice ecológico” e que este “põe a nu” a insustentabilidade da humanidade. Neste cataclismo de magnitude planetária, as alterações climáticas serão apenas “um dos sintomas”. Portugal, como é óbvio, não foge destes “sintomas”.

     

    Segundo dados de 2008, o nosso país tem uma pegada ecológica de 4,4 hectares globais per capita, quando a sua biocapacidade é de apenas 1,2 hectares per capita. E com estes números chegamos a este número perigoso de 70% acima da nossa capacidade produtiva e de processamento de resíduos produzidos.

     

    A nível global, actualmente a produção e consumo excede em 40% a capacidade de carga do planeta, pelo que seriam necessários 1,4 planetas para suprir as necessidade.

     

    E mais: ¾ da população não consegue produzir dentro das suas fronteiras os recursos que consome – nem tão pouco desfazer-se dos resíduos que produz.

     

    Sendo assim, e ainda segundo a Quercus, “apenas mil milhões de pessoas têm uma vida abastada, mil a dois milhões vivem em economias de transição e quatro mil milhões sobrevivem com apenas alguns euros por dia”.

     

    Preocupante, não é? E como será em 2050, quando a população mundial tiver crescido dos actuais seis mil milhões para os nove mil milhões e for absolutamente necessário que os europeus reduzam a sua pegada ecológica para os 25% e os Estados Unidos para os 10%?

    publicado por LX Sustentável às 16:21
    link do post | comentar | favorito
    1 comentário:
    De Ecotretas a 22 de Abril de 2010 às 22:39
    Não há pachorra! Vejam as previsões de há 40 anos em http://ecotretas.blogspot.com/2010/03/previsoes-do-dia-da-terra.html

    Ecotretas

    Comentar post

    pesquisa

     
    Perfil de Lisboa Sustentável
    Lisboa Sustentável's Facebook Profile
    Cria o Teu Crachá

    Categorias

    todas as tags

    Parceiros












    Media Partners









    subscrever feeds