Artigos Facebook

Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

arquivos

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

posts recentes

Estamos aqui: lxsustentav...

O LX Sustentável mudou

Mais vale tarde do que nu...

A resposta de Pachauri

Ainda Brasília (mas agora...

Não há cidades perfeitas ...

Vamos ter uma Segunda Cir...

Planeta pode entrar em ca...

Siemens e LNEC vão avalia...

Como seriam as cidades se...

Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

Lisboa com táxis à medida de qualquer passageiro

Se ontem falámos aqui de mobilidade sustentável – e da necessidade de reduzir a circulação de carros na cidade de Lisboa – hoje centramos o nosso blog num tema directamente ligado a este.

 

Isto porque, segundo o Diário de Notícias, a Câmara Municipal de Lisboa (CML) pretende dotar o contingente de táxis da cidade com adaptações destinadas a pessoas com mobilidade reduzida.
 
Estes táxis devem estar munidos de plataforma de embarque ou outra forma de acesso plano do passageiro em cadeira de rodas. A porta de acesso deve ter um ângulo de abertura não inferior a 90 graus, altura mínima de um metro e 15 centímetros e largura de 68 centímetros.
 
Os cintos de segurança devem ser adaptados, bem como ter espaço e meios necessários à fixação de cadeiras de rodas, de forma a permitir o transporte em condições de segurança e comodidade. Cada viatura deve ostentar um pictograma identificativo previsto para estes veículos", relativo ao transporte de pessoas com mobilidade reduzida.
 
Esta iniciativa pretende criar um mercado próprio, é necessária a existência de um contrato de ligação e adesão a uma central de rádio-táxi ou, caso esta não exista, a prova de divulgação dos serviços a prestar num dos jornais mais lidos na região.

 

São medidas como estas que, na nossa opinião, ajudam a tornar Lisboa numa cidade mais sustentável. Porque, como já aqui adiantámos várias vezes, a sustentabilidade não passa apenas por medidas económicas e ambientais, mas também sociais.

publicado por LX Sustentável às 12:52
link do post | comentar | favorito

pesquisa

 

Categorias

todas as tags

subscrever feeds