Artigos Facebook

Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

arquivos

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

posts recentes

Estamos aqui: lxsustentav...

O LX Sustentável mudou

Mais vale tarde do que nu...

A resposta de Pachauri

Ainda Brasília (mas agora...

Não há cidades perfeitas ...

Vamos ter uma Segunda Cir...

Planeta pode entrar em ca...

Siemens e LNEC vão avalia...

Como seriam as cidades se...

Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009

Casa com eficiência energética pode poupar 40 euros por mês

Lisboa conseguiu o 9º lugar na categoria de energia, no estudo do Economist que analisámos aqui na íntegra nas últimas duas semanas, mas apesar da boa prestação há ainda muito que melhorar. Segundo o estudo CasA+Building Codes, apresentado ontem na Expo Energia 09, uma maior eficiência energética pode permitir uma poupança de até 40 euros por mês.

 

Para isso, segundo o estudo – e de acordo com o trabalho, realizado por um grupo de investigadores da Manchester Business School – basta um investimento inicial de 3800 euros – que pode ser recuperado em oito anos.

 

O coordenador do estudo, Rui Vinhas da Silva, chegou a estes valores a partir de uma base de mais de 100 mil certificados energéticos emitidos pela Agência para a Energia para tornar uma casa média eficiente – um T3 com 110 metros quadrados e ao qual foi atribuído a classificação energética de C (sendo que A+ é a melhor e G a pior).

 

Entre as várias medidas passíveis de serem adoptadas para tornar uma casa mais eficiente, destaque para a energia solar térmica para águas quentes e sanitárias e o aquecimento central, uma aposta que poderá ser muito bem correspondida em Portugal, uma vez que o País tem uma incidência solar de três mil horas por ano.

 

Finalmente, e segundo explicou ao Destak o coordenador do estudo, Rui Vinhas da Silva, se juntarmos a estas medidas outras que permitissem um melhor isolamento das casas, seria possível gerar uma poupança de 85 milhões de euros.
 

publicado por LX Sustentável às 15:59
link do post | comentar | favorito

pesquisa

 

Categorias

todas as tags

subscrever feeds