Artigos Facebook

Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

arquivos

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

posts recentes

Estamos aqui: lxsustentav...

O LX Sustentável mudou

Mais vale tarde do que nu...

A resposta de Pachauri

Ainda Brasília (mas agora...

Não há cidades perfeitas ...

Vamos ter uma Segunda Cir...

Planeta pode entrar em ca...

Siemens e LNEC vão avalia...

Como seriam as cidades se...

Quarta-feira, 24 de Junho de 2009

Turismo sustentável: como escolher os nichos?

Tal como para a grande parte das cidades portuguesas, também para Lisboa o turismo é vital para o desenvolvimento económico. Mas como escolher em que nichos se deve apostar? Segundo explicou o autor e consultor Jack Soifer, na conferência “Os desafios da sustentabilidade”, realizada hoje na Fundação EDP, em primeiro lugar é preciso ouvir mais o cliente final, ou seja, o consumidor.

“Numa pesquisa que fiz junto de cidadãos holandeses, alemães, ingleses e dos países nórdicos, os portugueses são vistos como o povo mais simpático do mundo. É aí que Portugal pode fazer a diferença”, referiu Soifer.

Em 2008, Portugal recebeu 12 milhões de turistas, muitos deles em Lisboa. Curiosamente, o mesmo número de turistas de 2000, o que revela uma estagnação. Segundo Soifer, como houve um aumento, nos últimos nove anos, no número de camas e restaurantes disponíveis para turistas, o lucro resultante do turismo decresceu.

Comparando, por exemplo, com o caso belga, o consultor chega à conclusão que os turistas gastam mais dinheiro na Bélgica do que em Portugal, em parte devido aos preços mais altos, mas também por causa do atendimento personalizado que têm. “Cada elemento da cadeia de serviços, na Bélgica, é o vendedor do cluster. O taxista fala do hotel, dos restaurantes, do espectáculo fantástico do dia seguinte. Ele está a vender outros serviços que não impactam directamente o seu negócio”. E em Portugal? “Portugal tem uma estatística a seu favor, que é a simpatia das pessoas. O País tem tudo para ganhar turismo, mas falta passar à prática”, continuou.

Finalmente, o responsável referiu que o turismo sustentável poderá trazer para Portugal, até final de 2010, mais de 250 mil empregos.
Categorias:
publicado por LX Sustentável às 17:37
link do post | comentar | favorito

pesquisa

 

Categorias

todas as tags

subscrever feeds