Artigos Facebook

Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

arquivos

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

posts recentes

Estamos aqui: lxsustentav...

O LX Sustentável mudou

Mais vale tarde do que nu...

A resposta de Pachauri

Ainda Brasília (mas agora...

Não há cidades perfeitas ...

Vamos ter uma Segunda Cir...

Planeta pode entrar em ca...

Siemens e LNEC vão avalia...

Como seriam as cidades se...

Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Como tornar Lisboa mais “esperta”?

Transportes, comunicação, água e energia. E, claro, pessoas e negócios. São estes os eixos de uma cidade, o tal “sistema de sistemas” que o relatório da IBM descreve. Nenhum sistema consegue operar sozinho – e todas as áreas estão interligadas.

Os sistemas de transporte e os negócios utilizam energia – e se unirmos estes três eixos haverá uma maior eficiência e combate a ameaças de longo prazo e sustentabilidade.

Outro dos exemplos desta relação de dependência é a ligação entre os sistemas de água e de energia. Em Malta, por exemplo, um novo sistema utilitário inteligente informa as pessoas e negócios sobre a utilização de água e energia, possibilitando-lhes tomar melhores decisões sobre o consumo de recursos.

A verdade é que hoje as cidades têm dificuldades em utilizar todas as informações à sua disposição, enquanto que a sua população, ao invés, tem acesso limitado a informações sobre os sistemas de água, energia ou transportes que utilizam. E, mesmo que as tenham, como podem elas dar sugestões para mudar a (in)sustentabilidade citadina? Neste blog, caro leitor, comprometemo-nos desde já a registar a ouvir (e ler) a sua opinião sobre a cidade de Lisboa.
Categorias:
publicado por LX Sustentável às 17:41
link do post | comentar | favorito

pesquisa

 

Categorias

todas as tags

subscrever feeds