Artigos Facebook

Gestão sustentável de resíduos em Lisboa

arquivos

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

posts recentes

Estamos aqui: lxsustentav...

O LX Sustentável mudou

Mais vale tarde do que nu...

A resposta de Pachauri

Ainda Brasília (mas agora...

Não há cidades perfeitas ...

Vamos ter uma Segunda Cir...

Planeta pode entrar em ca...

Siemens e LNEC vão avalia...

Como seriam as cidades se...

Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2010

Bem-vindos a Emerald City: a cidade mais sustentável do mundo

Conhece Emerald City? Não, não é Seattle – apesar de ser conhecida por este nome – nem tão pouco a capital da Terra de Oz, do livro Feiticeiro de Oz.

 

Emerald City é o nome da cidade perfeita, em termos de sustentabilidade, construída pela CNN. Dizemos “construída” porque a televisão norte-americana elaborou, por pedaços, as inovações sustentáveis mais futuristas de várias cidades mundiais. Ao todo, são 23 categorias diferentes.

 

E porque razão está a CNN tão preocupada com a sustentabilidade nas cidade? Bom, segundo a própria explica, porque deveremos estar “todos” preocupados com este tema.

 

“70% de toda a população mundial viverá nas cidades em 2050. E criar um ambiente urbano e sustentável pode significar uma grande diferença na redução da procura da energia – cortando assim as emissões de carbono”, explica o artigo.

 

Para além de procurar as novidades sustentáveis – já existentes ou em desenvolvimento – das várias cidades, a CNN procurou também a opinião profissional do Rocky Moutain Institute, por isso o artigo até terá um carácter “técnico” bastante interessante.

 

“As grandes reduções das emissões de carbono chegam com a redução da utilização de energia nos edifícios e com a redução do número de quilómetros percorridos pelos veículos”, explicou à CNN Chad Riley, do Rocky Mountain Institute.

 

Nos próximos dias vamos abordar aqui quais as categorias escolhidas pela CNN – e quais as cidades escolhidas para cada. Começamos com as categories de geo-personalização e água reciclada.

 

1. Geo-personalização. O futuro dos edifícios de Emerald City estarão em conformidade com os seus subúrbios verdes. Um pouco como Guangzhou, na China, onde este ano a Pearl River Tower – uma mega torre de 71 andares – irá gerar energia suficiente para os seus próprios gastos, utilizando turbinas de vento, painéis fotovoltaicos, contentores automáticos ou sistemas de retenção de água das chuvas. Em Emerald City, todos os edifícios terão estas inovações, incluindo os residenciais.


2. Água reciclada. A água é “apenas” o mais importante recurso de Emerald City. E a procura vai crescendo, crescendo, ao contrário das reservas, que vão sendo cada vez menores, por isso todos os pingos de chuva são utilizados e reutilizados através de sistemas de recuperação de resíduos. Este sistema já existe desde 1998 em Singapura – onde é conhecido como NEWater – servindo indústrias e cidadãos. O objectivo das autoridades de Singapura é que a NEWater represente, em 2011, 2,5% de toda a água consumida (só por curiosidade, cerca de 50% da água de Singapura é importada da Malásia…).
 

publicado por LX Sustentável às 15:55
link do post | comentar | favorito

pesquisa

 

Categorias

todas as tags

subscrever feeds